Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Esqueceu sua senha?

Notícias do Setor

Venture Capital | Depois de cartão de crédito, Brex agora vai emprestar dinheiro para startups Adicionado em 25/08/2021
 
Fundada em 2017 pelos brasileiros Henrique Dubugras e Pedro Franceschi, em São Franciso, a Brex cresceu e captou US$ 1,2 bilhão de fundos de investimentos como Tiger Global, Ribbit, GIC (e muitos outros) com uma tese simples: ser um cartão de crédito para startups.

Avaliada em US$ 7,1 bilhões, a Brex, agora, está colocando o pé em outro negócio. A companhia está criando um fundo de venture debt de US$ 150 milhões para emprestar dinheiro para startups, de acordo com o site The Information,

Esse é a mais nova estratégia da Brex para enfrentar concorrentes estabelecidos do mundo das finanças. No começo, a startup surgiu como uma ameaça à bandeira Amex. Agora, o seu alvo é o Silicon Valley Bank, principal banco das startups americanas.

O venture debt é uma dívida feita pela startup. Sua vantagem é que não há diluição dos empreendedores e até mesmo dos investidores quando a companhia recorre a esse capital.

A Brex planeja se diferenciar de seus concorrentes com termos mais amigáveis. Inicialmente, o venture debt será oferecido apenas para 10 mil clientes. Os empréstimos serão entre US$ 1 milhão e US$ 10 milhões para empresas de receita recorrente.

Para essa oferta, a Brex levantou um novo fundo de US$ 150 milhões, que não havia sido reportado anteriormente, na qual a startup é a maior investidora, segundo o The Information. Os primeiros empréstimos começaram a ser feitos no início deste mês.

Esse é mais um passo para a Brex aumentar sua oferta de produtos financeiros. A startup havia requerido uma licença para se tornar um banco no começo deste ano, mas recuou para “modificar e fortalecer” seu negócio.

O mercado de venture debt está crescendo nos Estados Unidos. No ano passado, gerou operações da ordem de US$ 25 bilhões, cinco vezes mais do que em 2010, de acordo com dados do PitchBook.

No Brasil, essa é uma área que começa a contar com diversas opções. O BTG Pactual, por exemplo, estruturou uma área para emprestar dinheiro a startups. A Galapagos Capital atua também com esse tipo de empréstimo, assim como a Brasil Venture Debt.

O próprio Silicon Valley Bank começou a olhar para as startups da América Latina e estruturou um fundo de US$ 30 milhões para emprestar dinheiro às companhias da região.

Fonte: Neo Feed


Comentários


Mapa do Site | Links Úteis | FAQ | Contato | Localização
ABVCAP RJ: Av. Nilo Peçanha nº 50 sala 2901 - Centro - Rio de Janeiro - 20020-906 | Telefone: 55-21-3970-2432
ABVCAP SP: R. Pequetita nº 145, 8º andar, cj 81 - Vila Olimpia - São Paulo - 04552-060 | Telefone +55 11 3106-5025